Home / Acontece / Textos e Reflexões

Boates Templo

O Savassi Club ou Igreja Batista Lagoinha Savassi, inaugurado no início deste ano, tem todas as características de uma boate. Música alta ao vivo tocada por bandas de diferentes tribos, intenso jogo de luzes coloridas, iluminação neon, paredes pretas, camarotes e salas de estar.

Somente dois aspectos diferenciam o local de outras casas noturnas: não há pegação, ela é substituída pela pregação, e os drinques não têm álcool, explica o pastor V. C., 27. Estamos fazendo um trabalho específico de evangelização desses jovens. Aceitamos todas as tribos. Roqueiro, playboy, metaleiro, hipster, skatista, gay. Sem preconceitos, queremos receber todos os jovens, diz V. C.

Se uma pessoa chegar aqui, drogada ou bêbada, vai ser recebida da mesma forma. É claro que não vai utilizar nada aqui dentro, mas vamos conversar com esses jovens", diz Câmpara. Um casal de namorados pode vir, claro. Mas não vai haver pegação aqui. Só pregação.

P. C., 31, apresentadora de uma TV evangélica em Belo Horizonte, é responsável pelo acolhimento de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros na boate-templo. Segundo ela, participam do grupo cerca de cem jovens, que descobriram o evangelho desde a implantação do templo. "Primeiro falamos de Deus para essas pessoas. Depois vem a evangelização. Deixar de ser gay é consequência. Se a pessoa tem fé no Evangelho, ela deixa de ser gay", afirma C., que diz que já se relacionou com "várias garotas".

Os cultos, sempre às 20h, acontecem às quartas-feiras, sábados e domingos. Durante os intervalos, são distribuídos drinques feitos a partir de frutas e polpas de frutas, água, churros, cookies e batatas chips. Segundo o pastor F., nas próximas semanas, o local vai abrir também às sextas-feiras para uma "happy hour". Deve começar por volta das 17h, diz o religioso.

Fonte: UOL

 

Será que o “IDE” é isto?...

Certa vez um candidato à função pública disse em sua campanha: “Pior do que está, não fica”. Ele ganhou as eleições, más descobriu que poderia ficar muito pior do que imaginava.

Penso o mesmo em relação às igrejas. Para atraírem pessoas estão se moldando ao mundo de uma maneira tão absurda.

Fico imaginando qual seria a interpretação do texto de Romanos 12.1 e 2.

Tenho medo de perguntar: “Qual será a próxima novidade.”

Que o Senhor nos dê discernimento.

GIOVANNI DIODATO NETO

Ver todos os textos e reflexões.